Se você se sente intimidado com a ideia de levar crianças (ou mesmo adolescentes) para uma silenciosa capela de adoração eucarística… ou rezar com eles diante do sacrário… então preste atenção: muitos pais têm levado seus filhos juntos deles na adoração ao Santíssimo e tem obtido bons resultados.

Kimberly Fries disse que seu marido leva a filha deles de 5 anos de idade à adoração com frequência. “Esse momento é, de verdade, o ponto alto da semana dela! Ela também adora ‘brincar’ de fazer adoração no altar da nossa casa! Ela pega um rosário e um livro. Às vezes, ela só quer se sentar e olhar para a Eucaristia; em outros momentos, ela fica um pouco inquieta, então o pai deixa que ela vá até a pequena biblioteca ao lado da capela e escolha outro livro. Meu marido fala que ela não atrapalha a oração porque ela sabe como se comportar nessa idade”. Kimberly e seu marido também levam sua outra filha de três anos, que já “sabe o que fazer” ali, ainda que não seja capaz de permanecer quieta por muito tempo.

De modo semelhante, Heidi Indahl estava hesitante em levar sua filha de quatro meses na Hora Santa… Mas, quando ela levou, descobriu que a presença do seu bebê ali a ajudava a encontrar a Cristo “de um novo modo”.

A adoração eucarística é a prática da oração diante de Jesus Eucarístico. A hóstia consagrada deve estar exposta em um lugar especial, conhecido como ostensório, ou reservada em um tabernáculo (que é o lugar onde a hóstia Eucarística é mantida após a celebração da Missa, sempre indicada por uma luz ou uma vela).

Muitas comunidades católicas maiores fazem adoração perpétua (24 horas por dia) diante da Eucaristia exposta em uma capela especial e aberta ao público. Algumas paróquias têm um período de tempo mais limitado para a adoração Eucarística (como a Devoção das Quarenta Horas), especialmente durante alguns momentos mais intensos do calendário litúrgico.

Onde há adoração Eucarística, as pessoas são convidadas a permanecerem ali por uma hora. Contudo, a adoração também pode ser feita por qualquer um que quiser ficar um tempo na presença do Santíssimo Sacramento.

As pessoas rezam de diversas formas durante a adoração Eucarística. A oração meditativa, contemplativa e a conversa silenciosa com Jesus são práticas comuns, bem como rezar o Rosário. Algumas pessoas cantam hinos de louvor (se estiverem sozinhas no recinto), enquanto outras rezam escrevendo num diário de orações ou levam consigo alguma leitura espiritual. Mas a adoração Eucarística pode acontecer de forma tão simples quanto um banho de sol… Basta sentar-se e adentrar no mistério do amor de Deus na presença de Jesus.

Crianças pequenas (de 3 a 6 anos)

Relembrando o pedido de Jesus de “deixar ir a Ele as criancinhas” (Mt 19, 14), muitos pais católicos levam bebês e crianças pequenas para a adoração. Como elas podem distrair outras pessoas, fale com seu pároco ou com a pessoa responsável pela adoração para ver se essa prática é bem aceita naquela comunidade.

Evite levar comida ou brinquedos barulhentos na capela de adoração; porém, leve livros com gravuras de imagens religiosas, ou lápis de cera e desenhos religiosos. Se você tiver a sorte de ter uma capela em sua própria casa, conduza, junto da criança, a oração do Rosário, ou cantem canções religiosas.

Crianças mais velhas e adolescentes (maiores de 7 anos)

O Papa Emérito Bento XVI recomenda que se ensine às crianças a importância de gastar um tempo na presença da Eucaristia como parte de sua preparação para a Primeira Comunhão (Sacramentum Caritatis, 67). Aí vão algumas dicas para iniciar suas crianças nessa prática:

  • Ensine aos seus filhos acerca da real presença de Cristo na Eucaristia. Confira o que está escrito no Catecismo da Igreja Católica, 1373-1381.
  • Leve seus filhos a Missa regularmente. A celebração da Liturgia Eucarística é “fonte e cume de toda a vida cristã” (CIC, 1324), a adoração Eucarística flui da missa. 
  • Seja reverente diante da Eucaristia. Faça genuflexão e o sinal da Cruz diante do tabernáculo na Igreja, ou recite uma oração quando passar em frente a uma Igreja.
  • Não gaste tempo demais. Faça curtas visitas ao Santíssimo Sacramento – como de dez minutos. Se a adoração Eucarística se tornar uma prática regular na sua família, você pode pouco a pouco aumentar o tempo.
  • Tenha subsídios para a oração. Dê um rosário para seus filhos, um livro de orações para crianças, ou um papel para que elas escrevam suas orações para Jesus.
  • Ensine às crianças que o respeito à Eucaristia não é algo que se deve ter apenas na capela de adoração. A Eucaristia nos incorpora ao Corpo de Cristo e nos fortalece para continuar a missão de Jesus no mundo, especialmente entre os mais pobres (CIC, 1397).

Para discutir: Por que fazer adoração Eucarística?

As crianças (e alguns adultos) podem perguntar por que os católicos praticam a devoção eucarística; afinal de contas, Deus não está presente sempre em todos os lugares?

Ainda que possamos rezar a Deus em qualquer lugar, a Eucaristia detém um lugar privilegiado na adoração cristã porque, nela, Cristo está totalmente presente: Corpo e Sangue, Alma e Divindade (CIC, 1374). Pense do seguinte modo: em Seu amor, Deus quer ser próximo a nós o máximo possível; é por isso que Jesus se encarnou – Corpo e Sangue. Ainda quando Ele estava se preparando para nos deixar, desejou continuar presente fisicamente, intimamente presente junto de nós e, por isso, deu-nos a Eucaristia (CIC, 1380). E é por meio da Eucaristia que nos tornamos Corpo de Cristo, a Igreja, continuando, assim, sua presença física e sua missão no mundo.

_____________

Autor: Jerry Windley-Daoust

Fonte: Teaching Catholic Kids (adaptado)

Traduzido por Tiago Veronesi Giacone – Membro da Rede de Missão do YOUCAT BRASIL, como Voluntário nos Núcleos de Tradução, Formação e também atualmente participante do Grupo de Estudo YOUFAMILY em Brasília-DF.

Deixe seu comentário