Todos nós sabemos quais são os preceitos. Devemos ir à Missa aos domingos. Devermos ir à Missa nos dias santos. E sendo sincera, em geral, sabemos que deveríamos adorar mais a Deus em nossas vidas.

Agora, pense nisto: Pare de “se sentir obrigado”. Fr. Jim Martin, SJ, escreveu que, se estamos ocupados demais nos concentrando no que “deveríamos” fazer, então acabamos perdendo as oportunidades. Quando estamos muito ocupados nos preocupando se deveríamos estar no banco da Igreja, na verdade, estamos perdendo a mística da experiência da adoração. Então, deixe de ficar somente no “deveria”” e vá direto à adoração. Não pense mais que você tem que ir à Missa apenas por obrigação. Não apenas tente ir mais à Missa, mas se envolva ainda mais na experiência de adorar ao Senhor.

Aqui estão 4 vias que ajudam a aprofundar-se na adoração:

1. Encontre sua comunidade para adoração.

Talvez a paróquia mais próxima de você, não seja o melhor lugar para que você adore. A comunidade ideal para adoração é aquele lugar em que você se sente bem-vindo e confortável. Assim que sair da estrutura física da igreja, você deveria estar pensando “Não posso esperar para voltar semana que vem! ” Achar esse local ideal pode não ser fácil (ok, pode ser frustrantemente desafiador), mas não desanime. Comece sua “Busca Eclesial” própria e explore os mais variados tipos de paróquias e Missas em sua região. Peça dica aos seus amigos e os chame para ir com você visitar esses locais.

2. Descubra novas formas de adorar.

Se você já encontrou um excelente lar de adoração, então é hora de começar a pensar novas formas de adoração, além da Missa, como a Liturgia das Horas, ou Ofício Divino. A Liturgia das Horas é a oração oficial da Igreja Católica. A liturgia consiste em uma coleção de salmos, orações e leituras feitas ao longo do dia em momentos específicos (por exemplo, a Oração da Manhã e da Tarde). Essa forma de adoração é muito flexível e você pode orar individualmente ou em grupo.

Você também pode tentar uma Oração de Contemplativa, uma forma de meditação silenciosa. Se você gosta da frase “Silencie e saiba que eu sou Deus”, pense sobre explorar o mundo da oração contemplativa. Essa prática de oração pode ser feita individualmente ou em grupo. Isso requer que alguém seja capaz de ficar em um meditativo silêncio por algum tempo (sem cair no sono!).

Se você está procurando por algo mais conveniente, você pode baixar aplicativos para seu celular ou tablete que fornecem todas as orações do dia.

3. Comece um pequeno grupo católico.

O objetivo de um grupo assim é reunir alguns amigos a cada semana para falar sobre as Escrituras, a fé e a vida. Pode ser um grupo de mulheres, de homens, de jovens … na verdade, poderia ser qualquer tipo de grupo que você desejasse. Você pode ir à Missa diária e encontrar-se como comunidade ao fim, ou então saírem para um pequeno lanche após a Missa dominical e conversar sobre a experiência na Missa. Se você é um participante ativo de algum grupo e gosta desses encontros e discussões, esse é o tipo de oração e adoração ideal para você.

4. Envolva-se!

Os Fiéis Cristãos são chamados a serem plenamente participantes, ativos e conscientes da liturgia. Como podemos ser mais ativos? Tente acompanhar o missal – ou folheto – durante a Missa. Ainda, pense sobre estudar antecipadamente as leituras dominicais ou diárias. Se você se sente chamado a participar de um jeito diferente, pense na opção de fazer parte do ministério litúrgico da sua paróquia. Você pode ser um Ministro da Eucaristia, um leitor, um músico, ser responsável pela ornamentação da paróquia, ou, ainda, pelos folhetos e materiais da paróquia. Além dessas atividades exercidas “durante a missa” você pode querer conhecer os bastidores da Missa. Fale com seu pároco ou coordenador da liturgia e pergunte sobre a possibilidade de se envolver no grupo da Liturgia, o grupo que planeja e coordena todas as Missas.

Os Católicos não celebram a Missa apenas como uma obrigação; muito mais que isso, celebramos a Missa por que nós precisamos dela. Ir à mesa, ouvis as Escrituras, e partilhar do mesmo alimento juntos é parte vital da nossa vida de fé. A Missa nos dá energia e nos nutre para irmos para o mundo viver uma vida evangélica em todos os outros dias da semana. Então, lembre-se: não faça as coisas apenas por “obrigação”, e reflita sobre o que você precisa para uma vida plena através da adoração.

________________

Autor: Julianne Wallace
Fontebustedhalo.com
Traduzido por Rodrigo Mourão – Membro da Rede de Missão do YOUCAT BRASIL como Voluntário nos Núcleos de Tradução, Formação e atualmente participante do Grupo de Estudo YOUCAT DATING em Brasília – DF.

Deixe seu comentário